[mute on]

Eu sou um cara quieto. Gosto de observar as coisas. Gosto de me manter afastado as vezes, tentando descobrir como as coisas funcionam no mundo, como as engrenagens das relações se encaixam e fazem os ponteiros rodarem.

Se tivesse um emprego de observador social eu acho que eu até me daria bem. Tipo aqueles documentaristas que fazem paradas pro Discovery Channel, filmando um grupo de esquilos por dias, semanas e meses e depois contando uma narrativa em cima disso. Os bichinhos tem até nome, sabe? O áudio diz: e Cricket está preocupado com a recém adquirida liderança dissidente de Smuughel… e planeja vingança. A imagem mostra um esquilinho mexendo o nariz de forma curiosa, enquanto bate com força uma noz numa pedra pontiaguda.

Algo parecido com seres humanos seria curioso. Que é meio o que faço dentro da minha própria cabeça nas situações em que me encontro nos momentos de quietude.

Algumas pessoas confundem esses momentos com tristeza, ou braveza, ou arrogância, ou estupidez. Admito que os sintomas de todas essas coisas são os mesmos. Mas a maioria das vezes o fato de eu não falar só significa que estou nos devaneios mentais (e se eu tivesse devaneios tipo o JD de Scrubs eu seria uma pessoa muito mais feliz), tentando entender as coisas ou imaginando como as coisas vão se desenrolar.

É a velha história de se virar para dentro. Se fechar numa bolha própria. O pensar demais, o racionalizar demais. Sempre fui assim e muito não queria ser, mas sou, fazer o que? Não dá pra lutar contra a própria natureza eu acho. Posso melhorar, mas há muitos fatores que influenciam na maneira de agirmos diante de certas situações.

Por enquanto, continuarei a ser o cara quieto observador e vamos ver onde isso vai me levar. Tragam os esquilos.

Texto: F. Garrido

Advertisements

6 responses to “[mute on]

  1. Éfe, você deveria ser antropólogo. Assim você poderia observar as pessoas com propósito. Não precisa observar apenas esquilinhos ou bonobos e suas atividades sexuais.

    Agora, realmente seria mais divertido pensar assim: http://www.youtube.com/watch?v=RZ45xrtNnzk
    ou então assim: http://www.youtube.com/watch?v=AEAFEqxZf0w&feature=related

  2. Scrubs é genio, Isabel.

  3. Eu concordo Fernando

    Aliás, minha mãe falou que “o éfe tem voz de sério”. É isso aí, fofocas maternais.

  4. Eu sou sério.

  5. Nunca disse que você não era. O engraçado foi minha mãe te chamando de éfe.

  6. HAUahuahaa. Ah sim, não quis reafirmar pra você isso.

    Nem percebi o éfe, a rotina é uma merda. Pros pais do Filipe eu tb sou o éfe. Pros pais do Lucas F. também.

    Fiz a minha paz com meu apelido. hauahua

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s