Palitos pra que te quero

O blog da Fernanda Guimarães tem uma mini-sessão muito genial, a Soy Contra, que sempre tem uma fotinho irreverente com o tema. Há um tempo atrás teve uma sequência de “estragadores de pratos”, tipo pimenta-rosa e alecrim. Sei lá, discordo dos dois, afinal pimenta é sempre genial e alecrim, embora forte, tem um gosto peculiar e delicioso, mas ok. 

A questão é os estregadores de pratos. Eu já fui muito fresco para comida. Não comia cebola nem tomate, dois ingredientes muito essenciais em pratos igualmente essenciais. Por sorte ou por influência aprendi a apreciar os dois. Agora como até cebola crua, veja só a evolução da pessoa. 

Logo, poucas coisas me dão repulsa em um prato, característica essa que devo ter pego do meu pai, ser que come até pedra eu acho, só colocando um molhinho por cima e uma fruta pra acompanhar. 

Mas nada me deixa mais triste do que os malditos pratos que contém palitos-de-dente. É isso ai. 

 

Gina, você é legal, mas não pra se comer, foi mal!

Gina, você é legal, mas não pra se comer, foi mal!

Perdi a conta de quantas vezes mordi comida pra quase ter a boca perfurada pelos “palitos roliços”, praticamente armar mortais disfarçados de … nada. Porque nem disfarçados eles são. São farpas perigosamente afiadas vendidas como farpas perigosamente afiadas, simples assim! Detesto palito de dente até pra palitar os dentes. Se quer ser higiênico usa fio-dental, sério.

Mas enfim, o frango recheado da mãe estava delicioso, mas o prazer se vai a partir do momento que perco tempo retirando os malditos palitos. É a mesma coisa quando tem bife-a-rolê. 

Não é possível que em pleno século XXI ainda se use palitos-de-dente-do-mal pra se prender comida. E vou além, se a comida não dá pra ser feita sem usar essas paradas que não se come, que tal não ir contra a natureza? Faça um simples bife (sem o rolê) e um frango com queijo/rúcula/tomate-seco por cima ou do lado ou embaixo (menos dentro).

Taí, F. Guimarães. F. Garrido diz: o maior estragador de pratos é o palito-de-dente. Soy contra.

Texto: F. Garrido

Ao som de Continuum (John Mayer)

Advertisements

One response to “Palitos pra que te quero

  1. “Se você quer que a Gina vá embora: Vá…”

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s