Efe, cara, foi mal, caguei pro Iron.

esse é a resposta pra esse post do efe aqui, ó

Tava numa padaria, meia noite, só no capuccino e em conversas bizarras sobre o tcc – que nunca sai – e compradores de obras de arte, quando começamos a perceber uma invasão. Foi mal, Efe, mas eles são sim cabeludos, vestem preto, alguns até com a camiseta da turnê e estavam sujos de lama. Claro, a moda no show do Iron foi ser Woodstock, levar a terra do laranjinha junto do tênis ou do pé, como você mostrou na foto, forma de lembrar daquele momento mágico. Afinal, um dos 3 shows que não poderiam perder na vida, né?

E para todos eles, depois dessa hora da estrela negra do metal/666/eu dirijo meus próprios aviões – eu TENHO um avião, sucker, nada mais apropriado do que acalmar os ânimos com um capuccino na Dona Deola. Sentar e relembrar os grandes momentos, que são sempre aqueles mesmos, mas que você presenciou pela primeira vez. Um muffin pode até prolongar o instante, se for necessário.

Caguei pro Iron. Tá certo que tem muita música divertida, tá certo que tem famílias que nasceram pra curtir esse som, tá certo que no Guitar Hero é mó legal, tá certo, eles não são um bando de idiotas. Mas é engraçado, vai. É o show do mal, os Backstreet Boys do lado negro, e S do Senna, lama, interlagos e o já tradicional sofrimento presente em shows E jogos de futebol só intensificam a parada. Pensando melhor, até pra ver Backstreet Boys você pega fila, suja o pé, sofre. Talvez tenha mais mulheres. E talvez não seja em Interlagos. Ah, o Credicard Hall também não é o lugar mais perto do mundo. Poxa, queria ter ido ver o Iron Maiden.

mentira.

Mas a questão não é gostar ou não do Iron, do avião ou de Interlagos. Essa semana ainda tem o Radiohead. E dessa vez eu vou. E vai ser a mesma merda. Veremos os indies loucos apaixonados, veremos camisas listradas, veremos Ray Ban Wayfarer, gente gritando junto e vivendo o momento da vida. Acho que vamos gostar, apesar de não nos expressarmos desses jeitos tão iuhuu. E ficaremos putos com a facada do estacionamento, o empurra empurra e a falta de um lugar decente pra comprar qualquer coisa.

redondo é rir da vida, né?

A questão, mano Efe, é que você deveria se sujeitar aos aperreios em mais situações, mesmo que elas não estejam na tríade do rock perfeito do mundo das trevas.

mas quem tá pagando de psicólogo aqui?

por fim, olha isso que legal.

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s