O cara dos Vicodins, da bengala e da barba cerrada

Eu quero ser o Dr. House quando eu crescer. Não porque ele é um cara boa pinta e tudo mais (um quê de José Mayer americano assim, manja? HUAhauhaua). Nem pelo fato dele tomar Vicodin como se fossem tic-tacs, o que deve ser divertido pra dizer o mínimo. E nem pelo fato do guarda-roupa dele ser genial. Muito menos pelo fato dele salvar vidas. Mas pelo paradoxo idiota/gênio que permeia a existência dele.

Acho que todo mundo é meio paradoxal em certo nível, afinal ninguém consegue ser alegre o tempo inteiro, como já diria o grande (e feio) Wander Wildner. Na época de colégio as pessoas sempre me falavam que eu era estressado demais, que eu gritava e xingava as pessoas desnecessariamente e coisa e tal. Mas hoje em dia as pessoas que me conhecem falam que eu sou calmo (ou não?).

Mas nem naquela época de stress e gritaria eu e nem agora quando a primavera chegou e junto com ela a calmaria eu acho que as pessoas me odeiem ou coisa assim. E acho que ser idiota/gênio tudo misturado e ao mesmo tempo é divertido. A questão é que isso é ou uma escolha de way of life ou então você é só um idiota que é genial as vezes. E a primeira opção demanda um nível de auto-conhecimento e de conhecimento do mundo que leva tempo e inteligência para ser alcançado.

Afinal, será que existe um Dr. House na vida real? Queria conhece-lo. (quero conhecer ele e o Carlos Adão, mas o verdadeiro)

Mas eu ainda não cheguei no nível House de ser. Nem sei se vou chegar na verdade. Não sei se quero chegar. Mas no fim das contas deve ser legal, eu imagino. Mas tenho um caminho longo a percorrer. Mas hey, pelo menos um casaco legal eu já tenho.

Sarcasmo e ironia são a arma do negócio, já que a barba cerrada eu nunca vou ter. Fuck you genética!

Tudo com umas doses de Vicodin talvez (mas dispenso a bengala).

not fucking lupus

not fucking lupus

Texto: F. Garrido

Ao som de The Real Thing (Faith No More)

Advertisements

One response to “O cara dos Vicodins, da bengala e da barba cerrada

  1. miltinhorodrigues

    Vc nao conhece o Carlos Adão? É só dar uma passeada em Taboão da Serra que você o encontra. Ele estará vestido com um terno do tamanho que o F. Ambrósio usaria, mas como ele deve ter em torno de 1,59m, fica gigantesco… dizem que ele é irmão do Gaultier.

    “A seleção de 70 é 10”

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s